Ingresar o registrarme
Engormix.com
  /  
  /  
Discusion creada el 18/07/2003

Pastos para Forraje

Hola.
Estoy empezando con una producción de forraje a base de pastos de temporal y riego durante la sequía.
La finalidad de este pasto es principalmente la engorda de becerros.
Pienso venderlo y usarlo para autoconsumo en la engorda.
Mi pregunta: ¿Es recomendable hacer una mezcla de 2 ó 3 pastos en la siembra, en lugar de una monocultura de un sólo pasto?
Me recomendaron el Brachiaria Brizantha.
En el terreno antes crecía Caña de Azúcar.
¿Con qué otros pastos podría mezclarse este Brizantha?
Saludos.

Ing. Rainer
México
(20288)
(62)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
10/04/2007 | Caro Alvaro,

O kikuyo que você se refere é o pennisetum clandestinum ou o chamado kikuyo da amazonia, que é a brachiaria humidicola?

Se for o primeiro, tem valor nutricional um pouco melhor do que a dictioneura e tolera bem temperaturas mais baixas. Se for o segundo, a brachiaria dictyoneura na verdade é uma cultivar de brachiaria humidicola, com folhas um pouco mais largas, menor tolerância a encharcamento que a cultivar tradicional e valor nutricional pouca coisa superior.

Seja qual for o caso, se bem manejada a toledo abafará qualquer uma delas.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
11/04/2007 | Caro Edgar,

Não conheço o pasto que você citou ( quem sabe você possa nos informar seu nome científico ).

Para solos mais úmidos, há alguns pastos que vão bem:

Se for um solo um pouco menos fértil e que sofra com acúmulo de água em uma parte do ano e seja seco no restante, a brachiaria humidicola se dará muito bem. Nas mesmas condições, porém com uma fertilidade um pouco melhor, o cynodon plectostachius, conhecido como estrela africana roxa ( morada ), produzirá maior quantidade de MS que a humidicola.

Se for uma área sujeita a encharcamento em um período do ano, mas que não sofra uma seca mais intensa e tenha uma boa fertilidade, a brachiaria mutica ( pasto angola ) sairá muito bem. Se a terra tiver um pouco mais de umidade e de fertilidade o pasto tangola ( híbrido de brachiaria mutica x brachiaria radicans/tanner grass ) dará uma produção de MS um pouco superior.

Se for uma área bem úmida, que não sofra seca por periodos prolongados e que tenha maior fertilidade, então a echinochloa polystachia ( pasto alemão ou canarana ) será imbatível em produção de MS e qualidade de forragem. No caso de haver um período seco mais intenso, então a echinochloa pyramidalis ( canarana lisa ) será o ideal.

Outras gramíneas também suportam áreas com maior umidade e períodos de encharcamento não muito longos, como o kykuio ( pennisetum clandestinum ) e a setária ( setaria anceps ).

Com excessão da brachiaria humidicola e da setaria anceps, todos os outros pastos são multiplicados por mudas vegetativas.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
Re: Pastos para Forraje
11/04/2007 | Gracias señor Cabral , por la información sobre el terreno le puedo decir que cuando más se empoza de agua es en los meses de agosto, setiembre y octubre, de ahí ya el terreno pasa seco pero con muy buena humedad desde diciembre hasta mayo. Son tierras muy fértiles , anteriormente sembraba arroz en esos terrenos, entonces ¿cuál pasto me recomendaría más? Es para la cría de ganado brahman de registro.

Gracias.
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
11/04/2007 | Caro Luiz,

Se você achar que há a possibilidade de intensificar o uso desta pastagem, já no inicio ou posteriormente, o pasto que lhe permitirá maiores lotações ( com adequada fertilização ) por responder muitíssimo bem à adubação nitrogenada é o pasto alemão ( echinochloa polystachia ).

Não se espante com a pilosidade deste pasto ( seus colmos/talos e folhas apresentam intensa cobertura de pêlos ). É um pasto nativo da América tropical, sendo sua ocorrência comum ao longo das margens de cursos dágua, represas e lagos. Por ser nativo é também muito resistente a pragas e doenças. Muito palatável para o gado e se bem manejado apresenta grande quantidade de MS e de muito boa qualidade.

Aqui no Brasil, tenho um conhecido que o tem implantado em uma área de baixada inundável e que o maneja em piquetes rotacionados e com uma adubação de cerca de 250 kg de N/ha/ano parcelados após cada ciclo de pastejo, mantém até 4 UA por ha/ano ( claro que a lotação é maior no período quente e úmido e menor no período frio e seco ).

Este pasto tem capacidade de responder a doses maiores de N, com produções relatadas no estado da Bahia de mais de 30 toneladas de MS/ha/ano.

A estrela africana também é altamente responsiva à adubação nitrogenada e além de suportar bem o encharcamento também resiste muito bem à seca e é bastante resistente ao pisoteio pelos animais, sendo inclusive recomendada para áreas de bebedouros, cochos de sal e áreas de descanso dos animais. Também é capaz de suportar altas lotações com fertilização.

E por fim, o tangola ( hibrido ) produzirá bem nestas condições, mas não tem a capacidade de suporte POTENCIAL dos outros dois pastos já citados, porém pode suportar até 3 UA/ha/ano com fertilização.

Cabe a você definir qual o nível de exploração você deseja e qual destes pastos é mais acessível na sua região, já que a implantação de qualquer um dos 3 se dará por mudas vegetativas.

Lembre-se que produções mais intensivas requerem análise de solo. A saturação de bases ( V ) deve estar acima de 60 para lotações até 3 UA, acima de 70 para 5 UA e acima de 80 para mais de 7 UA.

O fósforo ( P ) também é extremamente importante altas produções necessitam de mais de 30mg/dm3. A correção se for necessária se fará no plantio, junto com as mudas.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
Abelardo Treviño
down arrow
Bogota, Cundinamarca, Colombia
Agricultor
Re: Pastos para Forraje
03/11/2007 | Hola, saludos a todos.
Hace un mes he sembrado un potrero con pasto barchiaria brizantha marandu, y otro con brachiaria decumbens; deseo que me orienten para ver qué tipo de leguminosa puedo asociar con cada una de las brachiarias en cada potrero.
Mi finca está ubicada 1600 mts mnsm, suelos con PH 5.8
Gracias
(0)
(0)
down arrow
Colombia
Re: Pastos para Forraje
24/07/2008 | agradecería que me asesorarán como debo sembrar la semilla de humidícola puesto que la sembré en tiempo demasiado seco y no germino agradezco sus recomendaciones
(0)
(0)
Pablo Capirchio Mast
down arrow
Ciudad Bolivar, Bolivar, Venezuela
Productor Ganadero
Re: Pastos para Forraje
13/10/2008 | Sr. Cabral Jr.
Estimado amigo
En primer lugar: si los suelos donde están establecidos los potreros se aniegan anualmente por una corriente de agua de rios por ejemplo, que se salen de su cauce en períodos de invierno, ¿ quedan estos suelos fertilizados por estas corrientes de agua que transportan grandes cantidades de sedimentos?. En otras palabras : si yo aplico fertilizantes en estos suelos para abonar pasto alemán, por ejemplo, no estoy botando el dinero.
En segundo lugar, en suelos bien drenados, de fertilidad media, que pastura es mejor para la ceba de toros de engorda a pastoreo : Mombaza o Massai. De paso Puede hacerme una comparación bromatológico entre estos dos panicum maximun.
muchas gracias y reciba un saludo desde Venezuela.
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
14/10/2008 | Caro Pablo,

A não ser que os solos em questão tenham um V ( saturação de bases ) acima de 70% e P-residual em resina acima de 20, eles precisarão de uma correção se a intenção for alta lotação e mesmo que tenham estes valores ainda assim precisarão de aporte de N para se obter alta produção de MS.

Na verdade com relação a sua segunda pergunta, nenhum dos dois panicuns mencionados deveriam ser usados em solos de média fertilidade para solos de média fertilidade você teria opções como brachiaria brizantha ( marandú ou toledo- no caso de uma fertilidade um pouco maior ) e caso tenha disponibilidade de mudas poderia optar também pela estrela africana, que se sai bem solos de média fertilidade mas também responde bem a uma adubação nitrogenada em solos mais ferteis.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
Pablo Capirchio Mast
down arrow
Ciudad Bolivar, Bolivar, Venezuela
Productor Ganadero
Re: Pastos para Forraje
15/10/2008 | Agradezco su respuesta.


Sin embargo, ahora me voy a explicar mejor.
Por la forma y lo vigorosa que se me da la mombaza, el suelo debe ser entonces de muy buena calidad. Disculpe si me equivoque con ese dato.
Ahora surge la duda siguiente: ¿continuar sembrando mombaza o variar con massai?

Esa pregunta me la hago desde varios puntos de vista:
1.- Cual sera mejor para la engorda a potrero?
2.- Cual sera mas resistente a las enfermedades y a la maleza?
3.- El manejo de cada una. Es el mismo o son diferentes?.
4.- Tener de las dos es la mejor manera?
5.- Cual produce mayor cantidad de forrajes ?

Nuevamente gracias por su respuesta y con respecto a los suelos bajos e inundables me parece excelente el analisis.
me despido de usted.
Ing. pablo Capirchio.
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
15/10/2008 | Caro Pablo,

Eu diria que se você já tem o mombaça implantado, mantenha-o, é um excelente pasto! Eu pessoalmente sou fã do massai!

Mas se o manejo correto do mombaça já é considerado complicado, o do massai então não permite erros.

Ambos são campeões de produção de MS, mas estudos ( e até uma experiência pessoal com um ensaio comparativo de dois canteiros com cada um destes pastos ) já demonstram que o massai apesar de ter apenas 50cm de altura ( sua altura de manejo é em torno dos 40cm ) é mais produtivo até que o mombaça.

É interessante diversificar pastos em uma propriedade, mas respeitando as condições fisiológicas e edafoclimáticas, por exemplo: panicuns em solos leves e bem drenados brachiaria decumbens ou humidicola em áreas muito aclivadas brachiaria mutica ( angola ) em solos sujeitos a umidade etc - estes são só alguns exemplos, há várias outras opções-.

No caso dos dois panicuns você teria pastos com caracteristicas muito próximas, entretanto um manejo bem diferente dos dois o que poderia se tornar um pesadelo administrativo.

Faça uma análise de solo e de acordo com a mesma veja em quanto você poderia intensificar o uso e a produção do seu mombaça.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr

(0)
(0)
down arrow
Venezuela
Re: Pastos para Forraje
15/10/2008 | Estoy solicitando un crédito para un proyecto de Ceba y engorde. He leído aquí y en otras partes las ventajas que ofrece la Maralfalfa y aún no me decido sobre el tipo de pasto a sembrar en la finca. Desearía que los conocedores me ilustraran respecto a la cantidad de kilos que se cosechan de pasto Maralfalfa por corte, cuanto dura el ciclo entre corte y corte y si efectivamente en zonas cálidas (cómo Edo. Guarico, por ejemplo) se pueden alcanzar esos niveles de cosecha que he leído en otros foros. Muchas gracias.
(0)
(0)
Pablo Capirchio Mast
down arrow
Ciudad Bolivar, Bolivar, Venezuela
Productor Ganadero
Re: Pastos para Forraje
16/10/2008 | Sr. Helio. Cabarl Jr. Agradezco su atención y la prontitud de su respuesta.
Muchisismas gracias .
(0)
(0)
down arrow
Estados Unidos de América
Re: Pastos para Forraje
19/10/2008 | amigos de este foro tengan muy buenas noches todos nosotros en mi pais el salvador centro América ,asociamos ,zacate elefante zacate australiano por hileras de 20mts x 80 mts ,una de elefante y la otra de zacate australiano .asi cuando se corta obtener ala ves dos variedades de zacate de corte ,y pastoreamos en potreros de pasto estrella,gracias,,,
(0)
(0)
Alberto Suarez Romano
down arrow
Bucaramanga, Santander, Colombia
Médico Veterinario Zootecnista
Re: Pastos para Forraje
21/10/2008 | Hola amigos, tengo un pasto de corte P. Purpureum, en zona tropical baja a 120 msnm, quiero aprovechar que estamos en épocas de lluvias y quería utilizarlo como semilla para resembrar, este pasto tiene aproximadamente 9 meses de estar sembrado y esta un poco doblado o caído y algo tosco o grueso, como dicen algo pasado de edad... mi inquietud es que si esta semilla a esta edad es viable para sembrar?, y si lo es..requiero de un tipo de manejo especial para sembrar? se obtendrían porcentajes de germinación considerables?....
Aquellos amigos con experiencia en el manejo de pastos de corte les agradecería su colaboración.
GRACIAS.
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
21/10/2008 | Caro Alberto,

Pastos elefante ( pennisetum purpureum ) tem suas melhores condições de germinação com plantas com cerca de 120 dias de descanso após corte. As suas tem mais do que isso mas germinaram perfeitamente bem.

Uma dica: aplique um pouco de sulfato de amônio cerca de 7 dias antes de cortá-las e molhe com irrigação ou chuva natural. As gemas laterais irão brotar com um vigor tremendo.

Modo de plantio: corte os colmos e elimine as pontas com folhas, prepare um sulco com 15 de profundidade e jogue no fundo uma fonte de P solúvel que pode ser o super fosfato simples na quantidade de uma mão cheia por metro linear de sulco. Deposite dois colmos ( hastes ) de pasto elefante no sistema de ponta/cabeça, como na cana de açucar, ou seja, a ponta inferior de um colmo em contato com a ponta superior de outro colmo.

Quando já estiverem distribuidos dois a dois no sulco, venha com um facão cortando-os em pedaços de aproximadamente 40cm de comprimento. A germinação será uniforme, vigorosa e sem áreas falhadas.

Após 30 dias das plântulas germinadas faça uma adubação de cobertura com N e K. Com 70 dias já poderá fazer o primeiro corte e depois a cada 50 dias ou 1,8m de altura no período chuvoso e 70 dias ou 1,6m no período seco.

Para isso funcionar bem divida a área total em 50 quadros. Por exemplo: se tiver 4.000 metros quadrados plantados você terá que cortar 80 metros quadrados por dia, o que dará um intervalo de cortes de 49 dias. Até 3 dias após o corte ( que deverá ser rente ao solo ) se fará a adubação com N e K para melhor brotação.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
21/10/2008 | Alguém sabe como evitar o corretor ortográfico? Porque eu que escrevo em portugues tenho um trabalhão danado para postar uma resposta pois tenho que dar centenas de cliques de confirmação no corretor ortográfico.

Cordialmente,

Helio Cabral Jr
(0)
(0)
Alberto Suarez Romano
down arrow
Bucaramanga, Santander, Colombia
Médico Veterinario Zootecnista
Re: Pastos para Forraje
22/10/2008 | Amigo Helio, muy agradecido y satisfecho con su respuesta, de inmediato voy a proceder a realizar el corte y la siembra del mismo según sus indicaciones, muchas gracias y éxitos.
Alberto
(0)
(0)
Eduardo Caballero
down arrow
La Ceiba, Yoro, Honduras
Ing. Agrónomo
Re: Pastos para Forraje
22/10/2008 | Hola Amigos:
Quisiera saber si alguien me podría decir cual es el rendimiento en materia seca por metro cuadrado de Maralfalfa, Camerún o King Grass se que va a depender del manejo, clima y otros factores pero si alguien tiene información se los agradecería mucho.
SUERTE
(0)
(0)
Norberto Martin Giordano
down arrow
Federal, Entre Rios, Argentina
Agricultor
Re: Pastos para Forraje
23/10/2009 | me podrían dar informacion sobre que pastos son los mas indicados para suelos inundables, soy de argentina
(0)
(0)
cabraljr
down arrow
Governador Valadares, Minas Gerais, Brasil
Dentista e produtor rural
Re: Pastos para Forraje
23/10/2009 | Caro Norberto,

Existem alguns pastos que são tolerantes ao encharcamento/alagamento, entretanto deve ficar claro que em tais condições a produção de MS de todos eles decai bastante.

Brachiaria arrecta ( tanner grass, braquiaria do brejo )

Tangola ( pasto hibrido de brachiaria arrecta x brachiaria mutica )

Brachiaria mutica ( pasto bengo, angola e acho que é conhecido em espanhol como pará )

Brachiaria humidicula cultivar comum

Cynodon plectostachius ( grama estrela africana )

Echinochloa polystachia ( canarana e acho que é conhecido em espanhol como pasto aleman )

Cordialmente,

Helio Cabral Jr

(0)
(0)
Anterior    01020304    Siguiente
(20288)
(62)
¿Desea opinar en esta discusión sobre: Pastos para Forraje?
Engormix se reserva el derecho de suprimir y/o modificar comentarios. Ver más detalles

No se publicarán comentarios que contengan:

  • Reiterados errores ortográficos y de escritura.
  • Anuncios publicitarios, direcciones de sitios Web y/o correos electrónicos.
  • Preguntas o respuestas que no tengan relación con el tema tratado en el foro.
PUBLICAR OPINIÓN
Crear nueva discusión:
Si esta discusión no cubre los temas de su interés, o genera nuevas preguntas, puede crear otra discusión.
Consultar a un Profesional en privado:
Si tiene una problemática específica puede realizar una consulta en forma privada a un profesional de nuestra Comunidad.
Luciano Garcia-trejo
Luciano Garcia-trejo
Médico Veterinario Zootecnista
  West Hazleton, Pennyslvania, Estados Unidos de América
Los usuarios que leyeron este contenido, también vieron Fertilización nitrogenada en maíz
    |    
Copyright © 1999-2014 Engormix.com - All Rights Reserved